jump to navigation

Microsoft Domina!! July 3, 2008

Posted by Samuel RIbeiro in Computadores e a Internet.
trackback

De acordo com um post de Rob Emanuel, da Equipe de Operações do Microsoft.com no Windows Server Division Weblog, o site Microsoft.com foi migrado para o Hyper-V.

Segundo o post, o site lida com 15.000 requisições por segundo, 1,2 bilhão de pageviews e 280 milhões de usuários únicos por mês, além de suportar aproximadamente 5.000 distribuidores de conteúdo dentro da empresa.

O site tem cerca de 300GB de conteúdo em 7 milhões de arquivos individuais em cada servidor. Por causa desta escala e da variedade de aplicações hospedadas, o site sobrecarrega todos os grandes subsistemas – memória, CPU, rede e I/O de arquivos – em cada servidor. Baseando-se nas características de carga e no fato de que este site é um campo de testes para adoção de tecnologias da Microsoft, espera-se que a carga no www.microsoft.com ofereça um grande teste para o Hyper-V.

No dia 5 de Junho, a Equipe de Operações montou 16 clusters de máquinas virtuais hospedando o www.microsoft.com no Hyper-V. O cluster está lidando com 25% da carga de tráfego e pode ser escalonado para suportar as metas de redundância do data center. Não foram encontrados nenhum problema com a performance, estabilidade ou disponibilidade no cluster virtualizado.

A implementação
A implementação no
www.microsoft.com começou em Março com um único servidor executando o Hyper-V Beta. Os testes de carga continuaram de forma similar ao que foi feito com a implementação na MSDN. Esta única máquina virtual era estável, confiável e tinha performance melhor com a carga da internet se comparada com outros servidores antigos no cluster.

Com o sucesso da primeira máquina virtual hospedando o www.microsoft.com, foi decidido que isso seria expandido para um cluster completo de servidores. Esta também seria uma grande oportunidade para utilizar o SCVMM 2008 beta em um ambiente de produção pela primeira vez.

Na época o SCVMM 2008 beta necessitava do Hyper-V RC0, então para poder usar o SCVMM e o Hyper-V juntos, a versão RC0 foi utilizada durante a fase de implantação. Uma vez que a implantação foi concluída, todos os servidores foram atualizados para o Hyper-V RC1.

Usando o SCVMM, foi criada uma imagem do www.microsoft.com incluindo tanto o servidor como o conteúdo para ajudar a melhorar a velocidade na implementação e também o controle das configurações. Anteriormente, uma nova implementação do www.microsoft.com envolvia 12 horas para sincronizar os 7 milhões de arquivos via rede. Utilizando um único VHD, este tempo foi reduzido para 4 horas.

Nesta fase a equipe tinha hardware limitado para testes, por isso eles foram capazes de implementar apenas uma máquina virtual por servidor físico. Claramente esta não era uma boa estratégia para virtualização a longo prazo, já que cada servidor tinha 8 processadores, mas permitiu que a equipe avançasse rapidamente com o hardware disponível. O próximo passo ocorreria em uma infraestrutura baseada em SAN, permitindo a execução de múltiplas máquinas virtuais por servidor.

Ambiente virtualizado atual do www.microsoft.com:

 

Componente

Descrição

Hardware

Dual socket Quad-Core Intel processors
32GB RAM
4x146GB disk drives

Virtual machines

4 Virtual processors
30GB RAM
50GB dynamic VHD – OS

385GB dynamic VHD – Data\Logs

Operating system – Parent

Windows Server 2008 Hyper-V RC1 Enterprise version
Reserved 4GB RAM from 32GB total

Operating system – VMs

Windows Server 2008 Enterprise version

 

Disponibilidade
Um dos objetivos principais é manter uma alta disponibilidade de qualquer maneira. A disponibilidade foi medida em uma variedade de formas, mas um dos testes foi feito com uma ferramenta de terceiros que oferecia uma requisição HTTP a partir de 45 agentes em várias partes do mundo contra a plataforma hospedando o 
www.microsoft.com – atualmente o Windows Server 2008, IIS7 e agora o Hyper-V.

A média de disponibilidade da plataforma antes da implementação do Hyper-V era de 99,94% e subiu para 99,95% desde a implementação do primeiro cluster. Como esta medição em particular foi feita com um teste baseado na Internet, atingir ou exceder os resultados anteriores quer dizer que o objetivo principal foi atingido.

 


Disponibilidade da plataforma antes e depois que o
Hyper-V foi implementado para lidar com 25% do tráfego

WWW.BABOO.COM.BR

 

 

Comments»

No comments yet — be the first.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: